Governo-BR

O túnel que vai levar da Lagoa do Parque Solon de Lucena para o Rio Sanhauá o excedente de águas nos dias de chuva, começa a ser construído na próxima segunda-feira (18) pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) -

Os preparativos para o trabalho começaram nesta sexta-feira (15) com a interdição do trânsito no trecho da avenida Padre Meira que dá acesso ao Anel Interno da Lagoa. A previsão é a de que o trabalho seja concluído em abril do próximo ano.

A construção do túnel faz parte do projeto de requalificação da Lagoa, o primeiro desde a sua inauguração, nas primeiras décadas do século passado. A obra foi colocada entre as prioritárias pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo. O trabalho de dragagem, a construção do muro de contenção na parte interna da Lagoa, o anel sanitário e o túnel, previstos no projeto, vão custar cerca de R$ 20 milhões, provenientes de recursos municipais e federais.

O primeiro passo da obra, na próxima segunda, será a escavação de um poço de visitana vertical, na avenida Padre Meira, no acesso ao Anel Interno da Lagoa. A estrutura vai dar acesso para que os equipamentos e os técnicos deem início às escavações do túnel na horizontal, ao longo da avenida e prosseguindo pela Guedes Pereira, até as imediações da Praça Pedro Américo, também no Centro.

O túnel escavado terá diâmetro de dois metros, o suficiente para que homens e máquinas possam transitar. As escavações, segundo o secretário de Infraestrutura de João Pessoa, Cássio Andrade, serão feitas com o uso de tecnologia não destrutiva. Ou seja, sem qualquer intervenção nas ruas sobre o túnel. Vale ressaltar que também não será preciso interditar o trânsito em outros pontos das duas avenidas.

lagoa_obras_foto_adrianofranco_ (16)O secretário explicou ainda que ao passo que a escavação for ocorrendo, haverá a montagem da estrutura metálica que vai formar a tubulação. “O interior do túnel, durante a escavação, terá iluminação e ventilação artificial. A estrutura terá cerca de 500 metros de extensão e a tecnologia será empregada em João Pessoa pela primeira vez”, afirmou Cássio Andrade.

Nas proximidades da Praça Pedro Américo, o túnel será interligado à estrutura já existente, que levará o excedente da água em direção ao Rio Sanhauá. Haverá um sistema de comportas para garantir o controle da quantidade de água que deverá ser liberada e, com isso, evitar alagamento em dias de chuvas.

Muro de contenção – Além da construção do túnel para o escoamento do excedente de águas, a Prefeitura de João Pessoa dará início, em 1° de setembro, à construção do muro de contenção interna da Lagoa. A estrutura, com 1,1 mil metros de extensão, vai substituir as paredes existentes atualmente. Esta etapa antecede a construção do anel sanitário, que vai evitar o despejo clandestino de esgotos na Lagoa.

Reforma - O Parque Solon de Lucena (Lagoa) está passando pela primeira grande revitalização em quase 100 anos. O último projeto desse porte elaborado para o local foi em 1924, feito pelo engenheiro Saturnino de Brito, que só foi executado na década de 30. O projeto prevê, entre outras intervenções, a construção de um píer às margens da lagoa, um mirante para exercício físico e contemplação da natureza, área para apresentações artísticas, teatro de arena e área infantil. O investimento total previsto é de R$ 40 milhões.

 

Share Button

A camisinha é o método mais eficaz para se prevenir contra muitas doenças sexualmente transmissíveis, como a aids, alguns tipos de hepatites e a sífilis, por exemplo -

 Além disso, evita uma gravidez não planejada. Por isso, use camisinha sempre.

Mas o preservativo não deve ser uma opção somente para quem não se infectou com o HIV. Além de evitar a transmissão de outras doenças, que podem prejudicar ainda mais o sistema imunológico, previne contra a reinfecção pelo vírus causador da aids, o que pode agravar ainda mais a saúde da pessoa.

Guardar e manusear a camisinha é muito fácil. Treine antes, assim você não erra na hora. Nas preliminares, colocar a camisinha no(a) parceiro(a) pode se tornar um momento prazeroso. Só é preciso seguir o modo correto de uso. Mas atenção: nunca use duas camisinhas ao mesmo tempo. Aí sim, ela pode se romper ou estourar.

A camisinha é impermeável
A impermeabilidade é um dos fatores que mais preocupam as pessoas. Pesquisadores dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos esticaram e ampliaram 2 mil vezes o látex do preservativo masculino (utilizando-se de microscópio eletrônico) e não foi encontrado nenhum poro. Em outro estudo, foram examinadas as 40 marcas de camisinha mais utilizadas em todo o mundo. A borracha foi ampliada 30 mil vezes (nível de ampliação que possibilita a visão do HIV) e nenhum exemplar apresentou poros.

Em 1992, cientistas usaram microesferas semelhantes ao HIV em concentração 100 vezes maior que a quantidade encontrada no sêmen. Os resultados demonstraram que, mesmo nos casos em que a resistência dos preservativos mostrou-se menor, os vazamentos foram inferiores a 0,01% do volume total. Ou seja, mesmo nas piores condições, os preservativos oferecem 10 mil vezes mais proteção contra o vírus da aids do que a sua não utilização.

Onde pegar
O preservativo masculino é distribuído gratuitamente em toda a rede pública de saúde. Caso não saiba onde retirar, ligue para o Disque Saúde (136). Também é possível pegar camisinha em algumas escolas parceiras do projeto Saúde e Prevenção nas Escolas.

Você sabia…
Que o preservativo começou a ser distribuído pelo Ministério da Saúde em 1994?

Como é feita a distribuição
A compra da maior parte de preservativos e géis lubrificantes disponíveis é feita pelo Ministério da Saúde. Aos governos estaduais e municipais cabe a compra e distribuição de, no mínimo, 10% do total de preservativos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e de 20% nas regiões Sudeste e Sul. Veja a distribuição nos estados.

Após a aquisição, os chamados insumos de prevenção saem do Almoxarifado Central do Ministério da Saúde, do Almoxarifado Auxiliar de São Paulo e da Fábrica de Preservativos Natex e seguem para os almoxarifados centrais dos estados e das capitais.

Veja também
Como o vírus é transmitido

Share Button

Perguntas frequentes sobre educação superior 1. O que são municípios prioritários? Quais são eles? São considerados municípios prioritários aqueles com baixo desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2005 e 2007. O Ideb destas cidades está abaixo da média nacional, que foi de 4,2 nas séries iniciais do ensino fundamental, em 2007. […] -

Perguntas frequentes sobre educação superior

1.

O que são municípios prioritários? Quais são eles?

São considerados municípios prioritários aqueles com baixo desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2005 e 2007. O Ideb destas cidades está abaixo da média nacional, que foi de 4,2 nas séries iniciais do ensino fundamental, em 2007. Fazem parte deste grupo 1.827 municípios brasileiros, que têm prioridade no atendimento pelo Ministério da Educação (MEC) para melhorar a qualidade do ensino nas escolas públicas de educação básica.

Tema: “imprensa”

2.

É possível obter certificação e não conseguir vaga na educação superior?

Sim, pois são dois critérios distintos. Para obter certificação basta alcançar a pontuação mínima exigida pela Secretaria de Educação da região, mostrando que adquiriu as habilidades básicas exigidas para o nível médio. Para obter vaga na educação superior, além da nota, há o número de vagas disponíveis como critério.

Tema: “Enem”

3.

Se obtiver pontos suficientes para pleitear uma vaga num dos vestibulares que usarão a nota do Enem, como o certificando deve proceder?

Com a certificação obtida na Secretaria de Educação de sua região, o participante do Enem 2009 poderá pleitear as vagas oferecidas pelas instituições de ensino superior e também as destinadas nos processos seletivos de cursos profissionalizantes pós-médio. Portanto, não haverá mais necessidade de realização de duas provas (Encceja e Enem) para ingresso em um curso superior, tal como nas edições passadas do exame. Vale lembrar que algumas instituições usarão o Enem como critério único para a seleção, outras adotarão o exame apenas como primeira fase, outras o usarão como parte da nota, e, finalmente, algumas o adotarão apenas para preenchimento das vagas remanescentes. No site do MEC os interessados poderão obter mais detalhes brevemente.

Tema: “Enem”

4.

Munido de sua nota na prova do Enem 2009, como o interessado na certificação deverá proceder?

Com o boletim de desempenho individual do Enem 2009 em mãos, o participante deverá se encaminhar à Secretaria de Educação de sua região para obter o diploma de conclusão do ensino médio. É de inteira responsabilidade das Secretarias a emissão do certificado de conclusão. O boletim individual de resultados do Enem 2009 enviado pelo Inep somente atesta o grau de conhecimento do participante no exame, e não é válido como documento de certificação.

Tema: “Enem”

5.

O interessado na certificação vai receber boletim individual de desempenho idêntico ao dos demais participantes, na mesma data?

O interessado em receber a certificação do ensino médio é um participante comum no Enem 2009; o que muda é seu objetivo final: obter o diploma de conclusão do ensino médio. Como todos os outros participantes, receberá a partir da segunda quinzena de janeiro de 2010 seu boletim individual de resultados. Ele será entregue pelos Correios no endereço que o candidato indicou no ato da inscrição. Para consultar os resultados individuais pelo site do Inep, serão necessários o número do CPF e a senha de acesso, cadastrados na fase de inscrição.

Tema: “Enem”

6.

Qual será a escala de notas do Enem 2009? Qual a média de proficiência mínima para certificação, pelas referências técnicas do Inep?

A orientação dada pelo Inep sobre a pontuação mínima para certificação será determinada na escala de proficiência do Enem 2009, a ser apresentada posteriormente. Contudo, assim como nas edições anteriores, cabe às Secretarias de Educação definir a forma e os critérios de utilização das notas do exame, bem como a responsabilidade pela emissão dos documentos de conclusão do ensino médio.

Tema: “Enem”

7.

As secretarias precisam aderir ao Enem 2009 como forma de certificação para que seus estudantes de EJA se inscrevam para fazer a prova ou eles devem se inscrever independentemente disso?

Qualquer interessado pode se inscrever no Enem 2009, independentemente de seu objetivo ou de algum tipo de adesão formal por parte das Secretarias Estaduais e Municipais de Educação. A relação com as Secretarias de Educação começa após a obtenção do boletim individual de resultados, pois cabe à secretaria estipular os parâmetros mínimos e emitir os documentos formais de certificação.

Tema: “Enem”

8.

Enem 2009 será a única oportunidade do ano para certificação no ensino médio

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC) oferecia como prova para certificação, até o ano passado, o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Este exame deixará de existir para o ensino médio, sendo oferecido neste ano apenas para o ensino fundamental. Portanto, para se candidatar à certificação do ensino médio, é necessário se inscrever no Enem 2009 até o dia 17 de julho e ter pelo menos 18 anos completos na data de realização da prova. As inscrições são realizadas exclusivamente pela internet, no endereço http://enem.inep.gov.br/inscricao.

Tema: “Enem”

9.

Enem 2009 também será oportunidade para certificação no ensino médio

O novo Enem, reformulado neste ano, agregou novas funcionalidades. Além de ser usado nos processos seletivos de instituições de ensino superior e servir como critério de distribuição de bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni), o novo Enem vai possibilitar que estudantes obtenham certificação no ensino médio. Para isso, o interessado em se certificar neste nível de ensino deve se inscrever e realizar a prova exatamente como os demais, para que depois, munido de seu boletim individual de desempenho, busque os caminhos formais para a certificação. A idade mínima para pleitear certificação por meio da prova do Enem é 18 anos.

Tema: “Enem”

10.

Como será o aproveitamento das disciplinas cursadas na Unitins, em caso de transferência?

Serão aproveitadas conforme as regras estabelecidas pelas instituições de educação superior, respeitando-se os termos do artigo 3º, § 2º, do Decreto n° 5.622/2005, isto é, devem ser respeitadas as regras de equivalência e aceitação de estudos já realizados com aprovação. Para mais esclarecimentos, os alunos deverão entrar em contato direto com a Unitins pelo endereço: educacaodistancia@unitins.br.

Tema: “Educação a distância”

11.

Já apresentei todos os documentos anteriormente às instituições parceiras da Unitins. Preciso apresentá-los novamente?

Apenas se forem constatadas pendências de documentação junto à Secretaria Acadêmica da Unitins. Em caso afirmativo, os documentos pendentes deverão ser reencaminhados, via sedex, para a Fundação Universidade do Tocantins (Unitins), aos cuidados da Secretaria Acadêmica. Endereço: 108 Sul, Alameda 11, Lote 3, Caixa Postal 173 – CEP: 77020-122 – Palmas (TO).

Tema: “Educação a distância”

12.

Como verifico quais documentos estou devendo à Unitins?

A Unitins vai fornecer, com ampla divulgação ao público nos veículos de comunicação com o aluno (teleaulas, AVA, portal e ofício), o endereço eletrônico para consulta aos documentos pendentes.

Tema: “Educação a distância”

13.

Quais documentos o estudante precisa entregar para ser transferido?

Os documentos necessários são: uma foto 3×4; cópia legível e autenticada da Carteira de Identidade/RG; cópia legível e autenticada do CPF (CIC); cópia legível e autenticada do título de eleitor; cópia legível e autenticada do último comprovante de votação; se estudante do sexo masculino, cópia legível e autenticada do certificado militar (alistamento, reservista ou atestado de desobrigado); cópia legível e autenticada do Histórico Escolar do Ensino Médio (segundo grau); cópia legível e autenticada do Diploma/Certificado do Ensino Médio (segundo grau); comprovante de matrícula do semestre vigente. Para mais esclarecimentos, os alunos deverão entrar em contato direto com a Unitins pelo endereço eletrônico: educacaodistancia@unitins.br.

Tema: “Educação a distância”

14.

Estou no último semestre do curso. Terei garantia de receber meu diploma?

Sim. Os estudantes concluintes aprovados receberão da Unitins os diplomas com base no disposto no Art. 63 da Portaria Normativa nº 40, de 12 de dezembro de 2007. Para mais esclarecimentos, os alunos deverão entrar em contato direto com a Unitins pelo endereço eletrônico: educacaodistancia@unitins.br.

Tema: “Educação a distância”

15.

Sou aluno da Unitins. Minha formatura será garantida, caso eu seja transferido?

Sim. Após a transferência os estudos continuam normalmente até a conclusão do curso, cabendo à instituição de ensino superior de destino zelar pela vida acadêmica garantindo a todos os seus direitos. Para mais esclarecimentos, os alunos deverão entrar em contato direto com a Unitins pelo endereço eletrônico: educacaodistancia@unitins.br.

Tema: “Educação a distância”

16.

Como ficam as disciplinas nas quais estou reprovado?

De modo geral, as disciplinas realizadas sem aprovação devem ser novamente cursadas conforme as regras estipuladas. No entanto, elas serão submetidas para avaliação de equivalência nas novas instituições.

Tema: “Educação a distância”

17.

Sou aluno da Unitins. Se não houver vaga nas instituições de ensino superior da minha região, como fica minha situação acadêmica?

A Unitins fará um levantamento dos casos de impossibilidade de transferência e a submeterá à avaliação do MEC e do Ministério Público, na busca de uma solução adequada. Para mais esclarecimentos, os alunos deverão entrar em contato direto com a Unitins pelo endereço eletrônico: educacaodistancia@unitins.br.

Tema: “Educação a distância”

18.

Sou aluno da Unitins. Há possibilidade de transferir-me para outro curso de área afim?

Sim. A Unitins e as instituições que receberão os alunos observarão as regras de equivalência e aceitação de estudos já realizados com aprovação, nos termos do artigo 3º, § 2º, do Decreto nº 5.622/2005, bem como a regularidade da matrícula do estudante junto à Unitins para os fins de transferência. Para mais esclarecimentos, os alunos deverão entrar em contato direto com a Unitins pelo endereço eletrônico: educacaodistancia@unitins.br.

Tema: “Educação a distância”

19.

Qual o período para o estudante da Unitins encaminhar a solicitação de transferência?

Como o Termo de Ajuste de Conduta está agora no âmbito judicial, todos os prazos deverão obedecer a um novo cronograma dependente de decisão judicial. Para mais esclarecimentos, os alunos deverão entrar em contato direto com a Unitins pelo endereço eletrônico: educacaodistancia@unitins.br.

Tema: “Educação a distância”

Share Button

“Os estudantes aprendem a seguir regras e a assumir responsabilidades dentro de uma equipe, a conviver em grupo, com formas diferentes de pensar, e a lidar com derrotas e vitórias, que são comuns no dia a dia” -

Descobrir talentos para a prática da canoagem é uma das propostas do projeto desenvolvido no campus de Muzambinho do IF Sul de Minas (foto: arquivo do professor Thales Bianchi)Defensor das atividades esportivas na escola, o professor Thales Teixeira Bianchi, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais, campus de Muzambinho, tem a convicção de que as atividades esportivas contribuem para o desenvolvimento físico, social e mental de crianças e adolescentes. “Os estudantes aprendem a seguir regras e a assumir responsabilidades dentro de uma equipe, a conviver em grupo, com formas diferentes de pensar, e a lidar com derrotas e vitórias, que são usuais no dia a dia”, destaca.

Com graduação em educação física e pós-graduação em treinamento esportivo, Thales está há 12 anos no magistério. Segundo ele, além das aulas oferecidas aos próprios alunos, o campus de Muzambinho participa de atividades de iniciação esportiva de crianças expostas a risco social, como os programas Segundo Tempo e Minas Olímpica Geração Esporte, subsidiados pelos governos federal e estadual.

Técnico de canoagem pela confederação brasileira da modalidade, a CBCa, Thales coordena o projeto Canoagem. Os atletas têm participado de variadas competições, como o 1º Festival Brasileiro de Canoagem da Juventude 2012 (conquistaram o segundo e o terceiro lugares na categoria caiaque velocidade); o Australian Youth Olympic Festival 2013 (33º lugar, também em caiaque velocidade); a seletiva nacional para os Jogos Sul-Americanos da Juventude 2013 (quarto e quinto lugares na mesma categoria).

Segundo Thales, o campus de Muzambinho mantém parceria com a CBCa e com a Secretaria Nacional de Esporte de Alto Rendimento (Snear) do Ministério do Esporte, que mantém no local um núcleo de alto rendimento de canoagem de velocidade. “O objetivo é descobrir talentos para a prática da modalidade em nossa região”, revela. “É importante que os alunos participem de competições e de outros acontecimentos esportivos para vivenciar uma nova realidade e conhecer uma nova cultura”, diz o professor. A seleção é feita de acordo com os níveis que o aluno alcança durante os treinamentos.

Comportamento — Entre os benefícios observados com os estudantes que participam dos acontecimentos esportivos, Thales cita a integração com pessoas e o respeito à hierarquia dentro de uma equipe de competição. “É possível verificar que o comportamento dos alunos que integram equipes e participam de treinamentos e competições é bem diferente frente a outros alunos”, analisa. De acordo com o professor, atitudes de respeito, responsabilidade e preocupação com a conservação de materiais ficam evidenciadas no dia a dia.

Fátima Schenini

Share Button

Será realizado em 15 de agosto, sexta-feira, o primeiro sorteio da campanha Compre Feliz 2014 -

Será realizado em 15 de agosto, sexta-feira, o primeiro sorteio da campanha Compre Feliz 2014. Na ocasião, será sorteada uma moto zero quilômetro, uma fritadeira uma adega entre as cerca de 70 mil cartelas já distribuídas e depositas nas urnas. A atividade acontece no saguão do prédio administrativo do município, às 18h. A promoção é realizada numa parceria da Prefeitura de Feliz e da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Feliz – Acisfe.

Até o momento, já foram distribuídos mais de 55 prêmios instantâneos entre os consumidores. Para participar da promoção e concorrer a prêmios, basta trocar as notas fiscais emitidas a partir de 1º de janeiro deste ano. O consumidor recebe uma raspadinha a cada R$ 200 em notas fiscais ou apólices de seguro. Já o produtor rural recebe uma raspadinha a cada R$ 2 mil em notas de produtor rural. Após a troca, basta raspar no local indicado e verificar se o cupom dá direito a um prêmio. Nas raspadinhas não premiadas, basta preencher o verso e depositar o cupom nas urnas para concorrer nos sorteios da moto, no próximo 15 de agosto, e do carro zero quilômetro, em janeiro de 2015. Os documentos fiscais podem ser trocados na sede da Acisfe, Biblioteca Pública e recepção da Prefeitura de Feliz.

As escolas da rede municipal de ensino também são pontos de coleta de notas fiscais. “O aluno pode entregar suas notas na escola, que se encarrega de trocar os documentos fiscais por raspadinhas e devolver os cupons ao estudante”, explica o secretário da Fazenda, Clovis Freiberger Junior. Os contribuintes que pagaram o seu IPTU em dia e entregaram sua atualização cadastral também ganham raspadinhas da campanha Compre Feliz 2014. Para isso, basta apresentar seu carnê em algum dos pontos de troca.

As notas fiscais deixadas voluntariamente para os promotores da campanha são utilizadas para obtenção de recursos para a área da saúde de Feliz junto ao programa Nota Fiscal Gaúcha, do Governo do Estado. A cada 50 cupons entregues, o doador recebe uma raspadinha extra da campanha Compre Feliz 2014. No último repasse do programa, foi divulgado que Feliz receberá R$ 48,5 mil.

Share Button